Viagens mistério chegam a Portugal

Renato Povoas - Managing Partner Startups 2016-12-13

Neste último trimestre do ano chegaram a Portugal duas startups que promovem escapadinhas de fim-de-semana misteriosas, isto é, o destino só é revelado aos clientes 48 ou 24 horas antes da partida dos aeroportos de Lisboa e Porto.

Estas duas startups, Chocolate Box e Waynabox, oferecem um serviço que inclui voo e estadia para uma cidade, por norma europeia, mediante um preço fixo e, como já foi referido, os clientes só sabem o destino horas antes da partida.

Mesmo tendo um conceito em comum apresentam ofertas diferentes, segundo Inácio Rozeira da Chocolate Box, no entanto a missão será sempre surpreender os viajantes, afirma André Costa da Waynabox.

A Chocolate Box , que integra quatro pessoas e tem por público-alvo cidadãos entre os 35 e os 50 anos, optou pelo envio de uma caixa na véspera da viagem, que revela o destino, com uma máquina fotográfica, um livro e um “guia de bordo personalizado”. Esta startup conta com parcerias apenas com hotéis de quatro ou cinco estrelas, com pequeno-almoço, no centro das cidades e o destino é escolhido conforme o perfil do consumidor. O preço é de 495 euros por pessoa ou 695 euros, se for um viajante individual.

Na Waynabox, Marrocos pode ser exceção às viagens maioritariamente para destinos europeus, no âmbito de estadias em hotéis ou alojamentos locais sempre com uma boa avaliação em ‘rankings’ de ‘sites’ especializados, são também garantidos quartos e casas de banho privadas, além de os grupos ficarem hospedados no mesmo local, por um preço que rondará os 200 euros e o viajante poderá, ainda, eliminar uma cidade de forma gratuita. Vencedora do concurso de ideias de negócio TAP Creative Launch em 2015, tem como público-alvo estudantes universitários e jovens trabalhadores.

Fonte: Diário de Notícias