fbpx

WebSummit

200 startups portuguesas com ‘bilhete’ para a WebSummit

Msousa Empresas, Eventos, Startups 2018-10-10

Chama-se Road2WebSummit (R2WS) e trata-se de um programa da Startup Portugal e da Web Summit, com um objetivo: ajudar as startups portuguesas a chegar o mais longe possível naquele que é considerado o maior evento de tecnologia do mundo.

Não é novo. Desde 2016, ano da estreia da iniciativa em Portugal, que as startups lusas têm beneficiado deste projeto. Começaram, por ser, nesse ano, 66. Em 2017, o valor mais do que duplicou (150) e, este ano, volta a aumentar. São, ao todo, 200 as empresas nacionais que integram a lista de participantes num programa de treino que tem como missão prepará-las para brilhar no evento.

A lista de contemplados já é conhecida e estes vão beneficiar do acesso gratuito a um bootcamp intensivo de dois dias, organizado pela Startup Portugal em parceria com a AICEP e a Beta-i, que prepara os participantes para aquilo que os vai esperar na Web Summit, como navegar na app do evento, como abordar investidores, quais as metas a definir para a feira tecnológica, como argumentar, entre outras lições que podem fazer a diferença para a empresa.

A lista completa está aqui.

Road 2 Web Summit

Renato Povoas - Managing Partner Startups 2016-06-09

Untitled design (31).png

O Governo lançou um concurso destinado às startups portuguesas que se queiram apresentar na Web Summit. As candidaturas estão abertas e encerram a 31 de julho, e para além disso há mais seis iniciativas com o apoio do Estado até novembro.

Road 2 Web Summit, é um concurso destinado a startups portuguesas que se queiram apresentar no maior evento de empreendedorismo e tecnologia da Europa. Das 65 empresas finalistas, 60 vão ter acesso a um bilhete gratuito de um dia com stand e cinco ao evento todo. Têm ainda direito a quatro bilhetes e acesso a investidores, mentores, workshops e mesas redondas.

Ainda vai ser possível três startups  acederem ao Encontro de Líderes, um evento que junta líderes políticos de vários países com a comunidade de empreendedores e investidores presentes na Web Summit, no primeiro dia da conferência, e o diretor executivo da startup vencedora terá ainda a possibilidade estar no F.ounders, um encontro que reúne 150 fundadores de empresas com menos de cinco anos avaliadas em mais de 500 milhões de euros, de 10 a 12 de novembro.

Os vencedores vão ser anunciados a 21 de setembro, num pitch day final, que contará com formação prévia.

O objetivo é dar aos empreendedores nacionais as ferramentas necessárias para que consigam alcançar os seus objetivos e tirar um maior proveito das oportunidades do evento.

Fonte: Observador