fbpx

reabilitação

Oppala, equilíbrio 100% nacional

Renato Povoas - Managing Partner Desporto, Saúde e Bem-Estar 2017-10-16

O produto é 100% nacional, assim como a OneLove EcoSport, empresa que concebeu e que dá vida à prancha Oppala que, ao contrário de outras pranchas disponíveis no mercado, é usada para muito mais do que surf ou snowboard. Apostada no desenvolvimento de equipamentos desportivos e fisioterapêuticos ecológicos e artesanais através de processos de manufatura sustentáveis, com baixo impacto ambiental, a empresa recorre a materiais naturais e reciclados, como a madeira de agave ou a cortiça que é, de resto, a ‘rainha’ da prancha de equilíbrio Oppala, uma placa oval, feita à mão, que combina, como referem os seus criadores, “métodos de produção artesanais com uma tecnologia avançada”.  

Read More

Plataforma de registo da disfagia vence Start Aveiro Region 2015

Renato Povoas - Managing Partner Saúde e Bem-Estar 2015-07-14

A Universidade de Aveiro, em parceria com a plataforma Massivemov Crowdfunding, no âmbito da  Incubadora de Empresas da Região de Aveiro (IERA), promoveu o concurso de ideias de negócio Start Aveiro Region 2015, que decorreu de 10 de março a 30 de junho. O Start Aveiro Region 2015 pretende estimular o aparecimento de ideias de negócio inovadoras e com elevado potencial de aplicabilidade, que contribuam para o desenvolvimento económico da Região de Aveiro.Start Aveiro Region

O projeto vencedor foi uma plataforma de registo de avaliação da dificuldade de deglutição de alimentos ou bebidas, denominado Disfagi.

O Disfagi consiste no desenvolvimento de uma plataforma (com acesso online ou local) de registo eletrónico de avaliação da disfagia, de informação e apoio terapêutico a doentes que estão em unidades de saúde ou no domicílio, foi o único projeto que conseguiu 100% do financiamento solicitado na plataforma Massivemo, condição necessária para passar à fase seguinte do concurso Start Aveiro Region. A ideia da criação da DISFAGI nasceu da necessidade de melhorar a eficiência dos cuidados prestados a utentes com sinais e sintomas de Disfagia, durante a prática profissional da promotora Rosa Henriques, formada em Terapia da Fala pela Escola Superior de Saúde da UA, e Vítor Ferreira, formado em Engenharia Informática pelo Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP). Este projeto surgiu com os objetivos os  de melhorar a eficiência dos cuidados de saúde prestados a utentes com Disfagia, potenciando a qualidade de vida dos mesmos e reduzindo os custos (internamento, reabilitação e medicação) para as instituições de prestação de cuidados de saúde.

Para além do projeto Disfagi, no evento “IERA – Impacto gerado, oportunidades e desafios 2020”, foram ainda apresentados os projetos Jornalix, ProfitApple, Team U&Us e Vitaplena.

2140projDesc456cz77tq

Startup lusa recebe um 1ME da Comissão Europeia

Renato Povoas - Managing Partner Saúde e Bem-Estar 2015-06-30

Uma startup portuguesa que desenvolve tecnologias na área da reabilitação motora de doentes com AVC vai receber 1 milhão de euros da Comissão Europeia no âmbito do programa do Horizonte 2020.

A solução pensada pela Sword Health visa o desenvolvimento de um sistema inovador e sustentável que permite auxiliar na terapia de reabilitação motora para pacientes que sofreram um AVC que pode ser usado no hospital ou em casa sem necessidade de supervisão. O sistema alia a tecnologia a métodos terapêuticos orientados à neurociência, para maximizar a terapia e assim potenciar a recuperação dos pacientes.

Projeto EKUI Comunicar apenas com um jogo de cartas

Renato Povoas - Managing Partner Entretenimento, Saúde e Bem-Estar 2015-05-26

A Associação de Pais e Amigos de Pessoas com Necessidades Especiais – Leque, sediada em Alfandega da Fé, apresentou a primeira linha de material lúdico-didático inclusivo em Portugal.

O projeto EKUI (Equidade, Knowledge, Universalidade e Inclusão) começou a ser idealizado em 2008. Após uma fase de investigação e validação científica foram produzidos dois mil exemplares. O jogo pode ser usado por todas crianças desde o jardim-de-infância, mas também ajudar na reabilitação de adultos que tenham sofrido, por exemplo, um Acidente Vascular Cerebral (AVC).EKUI