portugal

Governo quer mais ideias inovadoras para o turismo

Msousa Turismo e Lazer 2018-11-14

De carros elétricos para passeios turísticos com câmaras incluídas, para partilha da experiência nas redes sociais, às aplicações que disponibilizam um guia pessoal: são já muitas as ideias de negócios no setor do turismo, alimentadas pelos números que confirmam este como um setor essencial para a economia nacional.

É também por isso que o Governo quer que sejam ainda mais. Para isso, propõe reforçar a verba disponibilizada para o efeito, passando de um milhão de euros para 1,5 milhões atuais. O objetivo é simples: incentivar a criação de mais startups na área do turismo.

Na prática, a ideia é passar das 350 startups apoiadas por 15 programas específicos, o que aconteceu durante este ano, para a aceleração de 450 empresas, uma informação que foi dada à revista EXAME pela secretária de Estado do Turismo.

A mesma fonte revelou ainda que Portugal foi escolhido pela Organização Mundial do Turismo como parceiro institucional para um concurso de aceleração de startups a nível global, tendo o mesmo objetivo: fazer crescer o turismo. O que significa que o nosso país será o anfitrião das três startups vencedoras do concurso, para que possam desenvolver o seu negócio em Portugal.

200 startups portuguesas com ‘bilhete’ para a WebSummit

Msousa Empresas, Eventos, Startups 2018-10-10

Chama-se Road2WebSummit (R2WS) e trata-se de um programa da Startup Portugal e da Web Summit, com um objetivo: ajudar as startups portuguesas a chegar o mais longe possível naquele que é considerado o maior evento de tecnologia do mundo.

Não é novo. Desde 2016, ano da estreia da iniciativa em Portugal, que as startups lusas têm beneficiado deste projeto. Começaram, por ser, nesse ano, 66. Em 2017, o valor mais do que duplicou (150) e, este ano, volta a aumentar. São, ao todo, 200 as empresas nacionais que integram a lista de participantes num programa de treino que tem como missão prepará-las para brilhar no evento.

A lista de contemplados já é conhecida e estes vão beneficiar do acesso gratuito a um bootcamp intensivo de dois dias, organizado pela Startup Portugal em parceria com a AICEP e a Beta-i, que prepara os participantes para aquilo que os vai esperar na Web Summit, como navegar na app do evento, como abordar investidores, quais as metas a definir para a feira tecnológica, como argumentar, entre outras lições que podem fazer a diferença para a empresa.

A lista completa está aqui.

Num país de marinheiros, startup aproveita o sol para navegar

Em Portugal não falta sol. Aliás, o nosso país é mesmo, na Europa, um daqueles onde o astro-rei mais brilha. O que significa que energia solar é coisa que não falta. E é aproveitá-la que pretende um dos vencedores da 3ª edição do Prémio NOS Inovação, o projeto Sun Concept Catamaran 12.0, da startup Sun Concept. O objetivo é simples: construir catamarãs eletrossolares que, através de painéis fotovoltaicos, funcionam exclusivamente com recurso à energia do sol.

Read More

A Inovação em tempo de férias

Não, hoje não vos venho falar de nenhuma ideia inovadora para um negócio de verão. Numa altura do ano em que grande parte dos empreendedores e empresários se encontram de férias a descansar mas certamente também a pensar sobre como fazer crescer os seus negócios nos próximos meses, o propósito deste texto é deixar algumas ideias e sugestões para mais e melhor inovação. Mas comecemos pelos constrangimentos atuais.      

A meu ver são três os principais obstáculos à inovação em Portugal:

  1. Dificuldade em competir e inovar em escala;
  2. Competências e capacidade para gerir a inovação;
  3. Capacidade financeira para executar projetos.

 

Quais então as soluções para estes problemas?

1) Conectar Empresas. Através da promoção da importância da colaboração em rede e/ou fusão formal de empresas enquanto veículo de criação de escala competitiva. Isto passa por:

  • Potenciar as associações setoriais enquanto dinamizadoras de “missões de inovação”;
  • Utilização de ferramentas de auto-diagnóstico das capacidades e desempenho de inovação por parte dos clusters de competitividade, como forma de suportar a definição das suas estratégias de inovação;
  • Promover o crescimento inorgânico por via de fusões e aquisições de empresas, aumentando a sua capacidade competitiva e escala.  

 

2) Capacitar Pessoas. Aumentando a diversidade e especialização de competências técnicas e organizacionais nas empresas, com vista ao reforço da sua capacidade de inovação. Isto passa por: 

  • Criar um programa de estágios profissionais (IEFP) direccionados para funções de IDI;
  • Definir um programa de mentoring que permita agir e capitalizar os conhecimentos no quadro da gestão de IDI.

 

3) Captar financiamento. Através da diversificação de fontes de financiamento e capacitar empresas para o recurso a estes instrumentos. Em simultâneo, aumentar a abrangência do acesso a fundos comunitários. Será então importante:

  • Criar condições para que os incentivos financeiros do Portugal 2020 cheguem a um espectro mais alargado de empresas;
  • Divulgar e capacitar empresas para o acesso a programas de incentivo da Comissão Europeia e outros organismos internacionais;
  • Criar um mercado de capitais direccionado para PME em fase de expansão.

 

Lisboa menina e moça… e empreendedora

Msousa Empresas, Startups 2018-05-22

Lisboa repleta de Empreendedores, startups, incubadoras… Os termos são recentes, mas não foi preciso muito para que passassem a ser usados para definir Lisboa, cidade que se assume como espaço de eleição para a criatividade, novas ideias, autoemprego e inovação.

Read More

Ivaware, porque nem todos temos que ser especialistas em contabilidade

Renato Povoas - Managing Partner Telecomunicações e Tecnologia 2017-09-12

É, como descreve no site onde se apresenta, “uma aplicação móvel para trabalhadores independentes com regime de IVA simplificado”. E é no Observador, para onde deu uma entrevista, que o seu criador explica que a aplicação Ivaware surgiu de uma necessidade do próprio que, enquanto trabalhador independente, tinha que lidar com contas e mais contas, papéis e formulários, prazos e afins, associados ao pagamento do IVA.

Read More

Contagem decrescente para “a maior conferência de tecnologia do mundo”: bem-vindos à Web Summit

Renato Povoas - Managing Partner Startups 2017-09-06

A cerca de dois meses do início da Web Summit, que vai ocupar vários palcos da MEO Arena e da FIL Lisboa, no Parque das Nações, são já conhecidos muitos dos oradores que prometem tornar este evento, que se decorre pela segunda vez na capital, mais impressionante do que aquele realizado em 2016. Pelo menos em números. Senão veja-se: na edição anterior estiveram presentes 53.056 pessoas de 166 países; este ano são esperadas mais de 60 mil, de 170 países diferentes. De 1.490, o número de startups sobe para as 1.600.

Read More

Em busca de um combustível mais amigo do ambiente

Renato Povoas - Managing Partner Sustentabilidade 2017-09-04

Nunca como agora se falou tanto sobre as alterações climáticas e os seus efeitos, que já se fazem sentir. E ainda que alguns continuem a negá-las, muitos mais há que se preocupam, com a ajuda da ciência, em criar formas de as manter sob controlo, de as mitigar ou até mesmo de as reverter. É o caso de uma equipa de investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, que decidiu lançar mãos à obra e tentar criar uma nova forma de produção de combustível que, para além de ser economicamente mais viável, tem uma outra missão: ser mais amiga do ambiente. E isto tendo em conta que propõe uma redução nos níveis de enxofre, que torna os combustíveis menos poluentes e menos consumidores de energia.

Read More

Virgin de olhos postos na aventura do empreendedorismo nacional

Renato Povoas - Managing Partner Startups 2017-09-01

Empreender, inovar, criar, inventar são verbos cada vez mais presentes no léxico nacional. E que captaram a atenção internacional. E a razão é simples: Portugal deixou de ser apenas uma nação feita de História ou o porto de onde partiram as caravelas rumo ao desconhecido, para se tornar um país que tomou o leme do seu presente e foi capaz de o reinventar. Esse é, de resto, o tema de um artigo publicado no blog da Virgin, que tem como protagonista o nosso país.

Read More