fbpx

Portugal Ventures

Explore & Hunt vencedora da Tourism Innovation Competition

Renato Povoas - Managing Partner Startups 2017-03-29

A Explore & Hunt é a vencedora da segunda edição da Tourism Innovation Competition. A competição internacional de ideias inovadoras, promovida pelo Turismo de Portugal e The Lisbon MBA, premiou a solução digital criada por Eduardo Covelinhas. Esta aplicação foi considerada a ideia com mais potencial para melhorar a experiência de visita a monumentos e museus e atrair novos visitantes. Vai receber um financiamento, até 100 mil euros, da sociedade de capital de risco pública Portugal Ventures, para ser implementada em Portugal.

Read More

Startup Sintra – Quinto programa de aceleração em Sintra

Renato Povoas - Managing Partner Startups 2017-03-06

Em abril, a Startup Sintra quer iniciar  um novo programa de aceleração de negócio, o quinto, com o período de candidaturas a decorrer até 20 de Março. Das edições anteriores, resultaram projectos como o da Beyondevices, com investimento pela Portugal Ventures, J.Lisbon com financiamento da Semeia Ventures, Homeit investida por um grupo de “business angels”, ou a Package Point.

A startup mais promissora do quinto programa obterá um prémio no valor de 1500 euros. O programa terá a duração de dois meses.

Fonte: Computerworld

 

Startup Voucher – Empreendedorismo com incentivos fiscais

Renato Povoas - Managing Partner Startups 2016-06-07

e565ce_9348a1f6264144729c0f346aba2e54dd-mv2.jpg

De acordo com a Estratégia Nacional para o Empreendedorismo, quem quiser investir em startups a partir de agora vai poder declarar os montantes quando preencher a declaração de IRS. O Programa Semente vai permitir que investidores, que apoiem projetos entre 2.000 e 100 mil euros, tenham benefícios fiscais num valor máximo de 100 mil euros. Esta é uma das 15 iniciativas do Startup Portugal que o Governo lançou esta segunda-feira.

As candidaturas para o Startup Voucher (verba mensal para jovens universitários ou licenciados) abrem em setembro de 2016, este conta com 10 milhões de euros para distribuir em bolsas mensais de 690 euros durante um ano. Outros 10 milhões estão reservados para o Vale Incubação, tendo como objetivo apoiar empresas a desenvolver as suas ideias de negócio num programa de aceleração ou numa das incubadoras que façam parte da rede nacional.

Para além disto, existem ainda novidades nas Calls da Portugal Ventures (sociedade de capital de risco pública), a abertura de candidaturas para mais investimentos setoriais e uma cal destinada a startups.

No que toca à internacionalização das startups, o Governo quer assegurar a participação de projetos portugueses nos maiores eventos tecnológicos do mundo, nas maiores feiras nacionais setoriais e quer que estas acompanhem membros do Governo em visitas oficiais ao estrangeiro.

Fonte: Observador

E se pudesse acompanhar o preço dos seus produtos preferidos?

Renato Povoas - Managing Partner Comércio 2015-09-01

followprice-preview

Followprice é um projeto criado por quatro jovens empreendedores pensado para lojas online, permitindo aos compradores que acompanhem a evolução dos preços e da disponibilidade dos produtos favoritos, e para tudo isto basta clicar no botão Seguir Preço.

Este botão desenhado para o consumo online, permite aos utilizadores acompanharem a evolução dos preços dos seus itens favoritos, reunindo-os numa só lista. Ao clicar nesta opção, os clientes registam-se através da conta do email ou Facebook, e passam a receber notificações e promoções dos artigos escolhidos, havendo a hipótese de criar ainda uma lista pessoal de produtos de variadas lojas.

O Followprice já esse encontra disponível em vários sites, como na loja FNAC e na plataforma KuantoKusta, este projeto partiu de uma startup portuguesa que recebeu recentemente um investimento de grandes empresas como a Portugal Ventures e da Best Horizon.

A ideia surgiu em 2014, a partir de João Almeida Leitão, que identificou a necessidade de uma ferramenta que aumentasse a comunicação de promoções com as pessoas realmente interessadas nos seus produtos. Ao notar que os visitantes, antes de comprar, evitavam o registo numa loja online, decidiu encontrar uma ferramenta que permitisse aos visitantes manterem-se conectados à loja, sem a necessidade explícita de partilharem os seus contactos e dados pessoais.

Já se pode encontrar este serviço em funcionamento um pouco por todo o mundo, nomeadamente nos Estados Unidos da América, no Reino Unido, na Austrália, em Espanha, em França, em Itália, na Alemanha, na Suécia, na Noruega, na Bélgica, na Dinamarca, na Rússia e na Holanda, para além de Portugal.

Fonte: http://www.imagensdemarca.pt/