fbpx

Online

StartupToday – Uma rede social para empreendedores!

Renato Povoas - Managing Partner Startups 2016-02-26

554491929.jpg

A StartupToday tem como objetivo criar uma rede social onde outras startups podem apresentar-se aos utilizadores, aos investidores ou aos meios de comunicação.

Nos dias de hoje não chega apenas criar um bom produto ou um serviço diferenciador é necessário criar uma “montra” apetecível para os outros, ou seja é preciso mostrarem-se uns aos outros, para além disso é bastante importante saber comunicar e posicionar bem os seus elementos diferenciadores. Como tal, surgiu a ideia de criar uma rede social, onde as audiências tendem a ser grandes e os custos reduzidos.

O que diferencia a StartupToday é que posiciona-se como uma rede social por enquanto, mas existe uma perspectiva de evoluir a plataforma tornando-a num ecossistema de empreendedorismo. Segundo o mentor do projeto, Bruno Pereira, existem propostas muito dispersas, e o intuito desta rede social é unir estas propostas. Para isso, o empreendedor tem falado com jovens empresas o que já levou a algumas conclusões, como por exemplo, o entusiasmo pelo empreendedorismo que acaba por travar conhecimento com e de outras startups.

Outro objetivo da plataforma é colocar as startups no mapa, ou seja, ao aceder à StartupToday e facilmente perceber quantas, quais e onde estão estas jovens empresas.

Até ao final do ano Bruno Pereira prevê ter duas mil startups a usar a plataforma social.

Fonte: Sapo TEK

Empresa Portuguesa no top 50 das empresas mais inovadoras de 2016!

Renato Povoas - Managing Partner Startups 2016-02-16

Farfetch encontra-se no 23º lugar deste top, por colocar as melhores lojas de moda do mundo num cenário global.

É uma empresa global de e-commerce, que liga compradores a mais de 300 lojas de luxo através de uma única loja online de modo a criar uma experiência logística perfeita tanto para compradores como para vendedores. A Farfetch oferece a qualquer loja a hipótese de crescer online.

Estando sempre atenta ao crescimento das lojas de luxo, a Farfetch converteu, para o online, lojas em 35 países que enviam os seus produtos para clientes em 190 países, criando uma receita de 500 milhões de dólares em 2015. A empresa tem escritórios em 10 países e, ainda, oferece aos clientes um serviço disponível em 10 idiomas – ajustando os saldos à cultura local de cada país.

Saiba mais sobre o Top 50 em Fast Company.

Farfetch_website7.png

eSolidar chega ao Reino Unido e espera fazer a diferença!

Renato Povoas - Managing Partner Startups 2015-10-15

A eSolidar é uma plataforma na internet de angariação de fundos para instituições de solidariedade que disponibiliza leilões solidários entre outras ferramentas. A startup acabou de entrar no Reino Unido, o seu primeiro destino internacional, onde “espera atingir os 100 mil utilizadores registados até setembro de 2016 e 500 instituições de solidariedade inscritas”, explicou o presidente-executivo da startup, Marco Barbosa.

“Esperamos, além disso, gerar um impacto superior a um milhão de euros para instituições de solidariedade daquele país até setembro de 2016”, Marco Barbosa.

A entrada no Reino Unido tem como objetivo “ganhar escala e renome internacional”, pelo que a eSolidar conta, nesta operação, com o apoio de três parceiros locais, UK Trade & Investment, London & Partners e Impact Hub, a maior rede de incubadoras de impacto social do mundo e onde a startup tem a sua sede. Para cumprir os objetivos propostos no mercado britânico, a startup já se encontra a abordar instituições, celebridades e festivais.

“A eSolidar, além da angariação de fundos, vai permitir às instituições de solidariedade locais diversificar o acesso a recursos, bem como contribuir para o aumento da sua notoriedade junto das comunidades”, referiu o gestor.

Segundo o The World Giving Index, um relatório publicado anualmente pela Charities Aid Foundation, o Reino Unido é o 7º país mais solidário do mundo, além disso, o comércio eletrónico é 50 vezes mais ativo do que em Portugal, sendo doados perto de 100 mil milhões anualmente para instituições de solidariedade.

A eSolidar lançou-se em Portugal em maio de 2014 e conta agora com 2.000 vendas e cerca de 80 mil euros angariados para instituições de solidariedade social portuguesas e atualmente são beneficiárias da plataforma portuguesa 450 instituições de solidariedade nacionais, num universo de 35 mil utilizadores registados.

fb_esolidar

Fonte: Notícias ao Minuto

Startup portuguesa nos EUA recebe investimento de 200 mil dólares

Renato Povoas - Managing Partner Saúde e Bem-Estar, Telecomunicações e Tecnologia 2015-09-24

doDOC_banner

doDoc, startup portuguesa que integra o acelerador Techstars Boston, vai receber um investimento de cerca de 180 mil euros por parte da Caixa Capital, sociedade gestora de fundos de risco do banco público.

Esta startup, com sede em Boston mas com escritório em Lisboa, criou uma plataforma online que auxilia as empresas farmacêuticas a apresentarem novos medicamentos ao mercado de forma mais rápida, facilitando a criação, gestão e submissão de documentos de regulação.

Estamos orgulhosos em poder fornecer os recursos necessários a empresas portuguesas como a doDOC para que possam deixar a sua marca no mercado global, especialmente em Boston e lado a lado com grandes ‘business angels’ e ‘venture capitalists’ locais, referiu Stephan Morais, administrador executivo da Caixa Capital.

Federico Cismondi, co-fundador e CEO da doDoc, afirmou que o investimento da Caixa Capital durante a nossa presença no acelerador Techstars Boston vai ser usado no crescimento das nossas equipas de engenharia, regulação e vendas para aumentar a base de clientes.

doDOC é um processador de texto online que realiza a edição perfeita, automática e instantânea de conteúdos. A formatação de texto que pode demorar horas a dias, doDOC transforma numa questão de segundos. Este processador aumenta a produtividade, separando a escrita do processo de edição e permitindo foco completo no conteúdo criando documentos com formato perfeito com um click. doDOC, através da sua tecnologia proprietária realiza de forma automática e instantânea todos os passos para a obtenção de um formato perfeito e de acordo com todas as especificações desejadas pelo cliente.

Fonte: Económico

iClio, campeã nacional!

Renato Povoas - Managing Partner Startups 2015-09-03


iClio, empresa-mãe da JiTT, foi a vencedora, em Portugal, do European Business Awards 2015/16 na categoria The UKTI Award for Innovation. Como campeã nacional, iClio, vai competir na próxima fase, em representação de Portugal, por um lugar nos 10 Ruban d’Honneurs Awards, sendo a única empresa portuguesa.

Este prémio prestigioso coloca a iClio, assim como outras empresas jovens portuguesas como a Science4You, no mesmo patamar que marcas nacionais bem-sucedidas, já bem consolidadas no mercado, como a Delta Cafés e a Jerónimo Martins.

iclio

A iClio é uma empresa dedicada à criação e publicação de contéudos relacionados com a história, património e cultura de diversos países. Especializou-se na produção de conteúdos para os meios digitais e o seu principal objetivo é responder à crescente procura de conteúdos de alta qualidade através da criação de produtos que proporcionem uma experiência gratificante, sempre a par das capacidades e funcionalidades dos novos dispositivos e meio de comunicação digital.

Esta empresa pretende construir uma ponte entre conteúdos e tecnologia, focando-se na precisão, na utilidade e na qualidade e gestão do projeto.

A JiTT, Just in Time Tourist, é uma app, criada pela iClio, que quer dar a conhecer, aos turistas, as cidades e toda a sua história. Disponível nas principais lojas de aplicações móveis, o JiTT é um guia turístico que junta cultura e história. Conhecer as histórias que fazem cada cidade. É esse o objetivo da Just in Time Tourist (JiTT).

iclio (1)

E se pudesse acompanhar o preço dos seus produtos preferidos?

Renato Povoas - Managing Partner Comércio 2015-09-01

followprice-preview

Followprice é um projeto criado por quatro jovens empreendedores pensado para lojas online, permitindo aos compradores que acompanhem a evolução dos preços e da disponibilidade dos produtos favoritos, e para tudo isto basta clicar no botão Seguir Preço.

Este botão desenhado para o consumo online, permite aos utilizadores acompanharem a evolução dos preços dos seus itens favoritos, reunindo-os numa só lista. Ao clicar nesta opção, os clientes registam-se através da conta do email ou Facebook, e passam a receber notificações e promoções dos artigos escolhidos, havendo a hipótese de criar ainda uma lista pessoal de produtos de variadas lojas.

O Followprice já esse encontra disponível em vários sites, como na loja FNAC e na plataforma KuantoKusta, este projeto partiu de uma startup portuguesa que recebeu recentemente um investimento de grandes empresas como a Portugal Ventures e da Best Horizon.

A ideia surgiu em 2014, a partir de João Almeida Leitão, que identificou a necessidade de uma ferramenta que aumentasse a comunicação de promoções com as pessoas realmente interessadas nos seus produtos. Ao notar que os visitantes, antes de comprar, evitavam o registo numa loja online, decidiu encontrar uma ferramenta que permitisse aos visitantes manterem-se conectados à loja, sem a necessidade explícita de partilharem os seus contactos e dados pessoais.

Já se pode encontrar este serviço em funcionamento um pouco por todo o mundo, nomeadamente nos Estados Unidos da América, no Reino Unido, na Austrália, em Espanha, em França, em Itália, na Alemanha, na Suécia, na Noruega, na Bélgica, na Dinamarca, na Rússia e na Holanda, para além de Portugal.

Fonte: http://www.imagensdemarca.pt/

Plataforma de registo da disfagia vence Start Aveiro Region 2015

Renato Povoas - Managing Partner Saúde e Bem-Estar 2015-07-14

A Universidade de Aveiro, em parceria com a plataforma Massivemov Crowdfunding, no âmbito da  Incubadora de Empresas da Região de Aveiro (IERA), promoveu o concurso de ideias de negócio Start Aveiro Region 2015, que decorreu de 10 de março a 30 de junho. O Start Aveiro Region 2015 pretende estimular o aparecimento de ideias de negócio inovadoras e com elevado potencial de aplicabilidade, que contribuam para o desenvolvimento económico da Região de Aveiro.Start Aveiro Region

O projeto vencedor foi uma plataforma de registo de avaliação da dificuldade de deglutição de alimentos ou bebidas, denominado Disfagi.

O Disfagi consiste no desenvolvimento de uma plataforma (com acesso online ou local) de registo eletrónico de avaliação da disfagia, de informação e apoio terapêutico a doentes que estão em unidades de saúde ou no domicílio, foi o único projeto que conseguiu 100% do financiamento solicitado na plataforma Massivemo, condição necessária para passar à fase seguinte do concurso Start Aveiro Region. A ideia da criação da DISFAGI nasceu da necessidade de melhorar a eficiência dos cuidados prestados a utentes com sinais e sintomas de Disfagia, durante a prática profissional da promotora Rosa Henriques, formada em Terapia da Fala pela Escola Superior de Saúde da UA, e Vítor Ferreira, formado em Engenharia Informática pelo Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP). Este projeto surgiu com os objetivos os  de melhorar a eficiência dos cuidados de saúde prestados a utentes com Disfagia, potenciando a qualidade de vida dos mesmos e reduzindo os custos (internamento, reabilitação e medicação) para as instituições de prestação de cuidados de saúde.

Para além do projeto Disfagi, no evento “IERA – Impacto gerado, oportunidades e desafios 2020”, foram ainda apresentados os projetos Jornalix, ProfitApple, Team U&Us e Vitaplena.

2140projDesc456cz77tq

Plataformas digitais e um salto internacional

Renato Povoas - Managing Partner Comércio 2015-02-12

Duas das maiores plataformas de venda online de moda e de produtos de nutrição desportiva são portuguesas, foram criadas de raiz com a ambição de serem globais e, com menos de uma década de vida, facturam milhões de euros.

Mais aqui.