fbpx

Programa de deteção de plástico nos oceanos abre candidaturas

Sabia que, só num ano, mais de 4,8 milhões de toneladas de resíduos plásticos podem acabar nos oceanos? Ou que cerca de 700 espécies marinhas e 50 espécies de água doce já ingeriram ou ficaram presas em plásticos? Estes são apenas alguns dados sobre a poluição marinha, mas são suficientes para provar que este é um problema grave e que necessita de uma solução urgente. 

Como agir é a palavra de ordem para ajudar a solucionar esta situação, a Agência Espacial Portuguesa – Portugal Space decidiu lançar a primeira edição do AI Moonshot Challenge, um concurso internacional que pretende encorajar a utilização de dados espaciais no desenvolvimento de soluções inovadoras para problemas da sociedade. Esta iniciativa tem como parceira a Unbabel Labs e conta ainda com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, da Agência Espacial Europeia e da Agência Nacional de Inovação.

E quem pode participar? Universidades, institutos de investigação, laboratórios estatais, organizações privadas ou públicas sem fins lucrativos, que se dediquem à investigação científica, e ainda empresas ou startups que combinem dados de satélite e Inteligência Artificial para desenvolver soluções inovadoras que permitam detetar plástico nos oceanos.

Por isso, se tiver ideias disruptivas para criar ferramentas que ajudem a identificar e monitorizar detritos plásticos à escala local e global, saiba que tem até ao próximo dia 4 de outubro para submeter a sua candidatura! 

Todas as propostas de investigação serão avaliadas por um júri internacional de especialistas nos domínios de Deteção Remota por Satélite e Inteligência Artificial, sendo a inovação e a solidez técnica e científica das propostas os principais fatores a serem considerados. Assim sendo, as melhores soluções serão convidadas a apresentar as suas ideias durante a edição da Web Summit deste ano, que irá decorrer entre 2 e 4 de dezembro. Após esta etapa, os vencedores serão também anunciados no decorrer do evento. 

No que respeita ao prémio do AI Moonshot Challenge, a melhor proposta receberá até 500 mil euros, servindo para financiar o projeto de investigação com a duração máxima de dois anos e a realizar a partir de Portugal. Contudo, é importante referir que, de acordo com as regras do concurso, poderá ser selecionada mais do que uma equipa desde que o orçamento total previsto não ultrapasse os 500 mil euros.

Apesar do seu alcance mundial, querendo encontrar soluções que possam ser aplicadas em qualquer ponto do globo, o AI Moonshot Challenge pretende promover o desenvolvimento de tecnologia nacional. Assim, este programa procura garantir que as entidades estrangeiras trabalhem em cooperação com as instituições portuguesas, sendo capazes de desenvolver atividade a partir de Portugal.