fbpx

Empreendedorismo Feminino: Portugal no top 10

Renato Povoas - Managing Partner Empresas, Startups 2018-03-27

O Dia da Mulher pode já ter passado, mas os resultados do Index da Mastercard sobre o empreendedorismo no feminino deixa o que pensar, independentemente de ser dia deles ou delas.

Refere este trabalho, quase sem surpresas, que é nos países mais desenvolvidos que as mulheres mais prosperam, destacando-se Portugal como um dos mercados onde são mais fortes os apoios e oportunidades para que elas possam prosperar enquanto empresárias.

Numa lista de 57 mercados espalhados por todo o mundo, o nosso país surge em 6º lugar, num ranking liderado pela Nova Zelândia, Suécia e Canadá e volta a ter um lugar no top 10 quando se avalia a percentagem de mulheres na liderança de empresas (28,7%).

Apesar das diferenças entre nações, o Índice confirma, no geral, que as mulheres continuam a progredir quando se trata de criar o seu próprio negócio, ainda que, culturalmente, continuem a manter-se alguns obstáculos que as impedem de promover os seus negócios.

“As mulheres empresárias fizeram avanços notáveis ​​como proprietárias de empresas em todo o mundo, mesmo as que continuam a trabalhar para alcançar o seu potencial”, afirma Martina Hund-Mejean, Diretora Financeira da Mastercard.