fbpx

Lava-loiça ecológico separa gordura para produzir biodiesel

Renato Povoas - Managing Partner Alimentação, Ambiente, Sustentabilidade, Telecomunicações e Tecnologia 2011-11-20

Fonte: Diário de Notícias

Investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) estão a desenvolver uma caixa ecológica que permitirá separar a gordura acumulada no lava-loiça e armazená-la para a produção de biodiesel.

O “GreenBox” é um dos projectos que vai estar em destaque no Dia da Inovação, que a UTAD promove na quarta-feira, em Vila Real, para divulgar a investigação que se desenvolve na academia transmontana.

Coordenado pelo professor e investigador João Barroso, o projecto visa a criação de uma caixa que fará a separação da gordura que fica na água da lavagem da loiça, resíduos que são “altamente poluentes” e “criam problemas gravíssimos nas estações de tratamento de águas residuais”.

“A Greenbox é colocada debaixo da pia e o objectivo é que a água saia para o sistema de saneamento e a gordura fique acumulada”, explicou o responsável.

A ideia é que esta gordura seja também recolhida “em tempo útil” para que possa ser aproveitada para a produção de biodiesel.

Nesta fase, a caixa está a ser criada para restaurantes e unidades hoteleiras, mas, segundo o responsável, mais tarde deverá ser também aproveitada ao nível dos condomínios dos edifícios.