fbpx

Impressora de Alimentos 3D Reduz o Desperdício na Cozinha

Sabia que a tecnologia de impressão 3D já chegou ao setor alimentar? A Natural Machines, uma startup com sede em Barcelona que produz eletrodomésticos inovadores, desenvolveu a Foodini, uma impressora de alimentos 3D.

Conectada por Wi-Fi IoT (Internet of Things), Foodini é um aparelho de cozinha que, além de permitir a criação de refeições visualmente atraentes e que seriam impossíveis de preparar à mão, pretende contribuir para uma alimentação mais saudável e para a redução do desperdício alimentar. 

Estima-se que, na União Europeia, 20% do total de alimentos produzidos sejam desperdiçados e as tecnologias alimentares, como a Foodini, ajudam a resolver este problema. Assim, ao ser fácil de usar e ao promover uma cozinha sustentável, a Natural Machines espera incentivar o uso de ingredientes produzidos localmente e evitar o desperdício de alimentos.

Além de incluir uma app, com designs pré-carregados, a Foodini inclui também diversas cápsulas e acessórios, adequados para diferentes tipos de criações e texturas. Além disso, também é possível que as pessoas “desenhem” as suas próprias criações, guardando-as e imprimindo-as novamente mais tarde.

No Restaurante Cocina Hermanos Torres, premiado com Estrelas Michelin, a Foodini já faz parte do equipamento da cozinha. Assim, tendo a qualidade e a sustentabilidade como valores fundamentais, os Chefs do Restaurante utilizam este aparelho para “imprimir” cerca de 100 pratos por dia. Desta forma, conseguem criar pratos visualmente agradáveis ​​e elegantes ao mesmo tempo que tiram o máximo proveito dos ingredientes.

Em breve, espera-se que as cozinhas domésticas também possam beneficiar desta tecnologia. “Acreditamos que daqui a 10 ou 15 anos, as impressoras 3D de alimentos se tornem comuns nas cozinhas domésticas e profissionais, tal como o forno ou o micro-ondas”, refere Lynette Kucsma, cofundadora e CMO da Natural Machines.

Fundada em 2012, a Natural Machines é uma startup de tecnologia alimentar que conta com cerca de 20 funcionários e escritórios em Barcelona, ​​Nova Iorque e Pequim. Até agora, já conseguiu arrecadar um total de 4,5 milhões de euros em rondas de investimentos.