fbpx

Governo quer mais ideias inovadoras para o turismo

Msousa Turismo e Lazer 2018-11-14

De carros elétricos para passeios turísticos com câmaras incluídas, para partilha da experiência nas redes sociais, às aplicações que disponibilizam um guia pessoal: são já muitas as ideias de negócios no setor do turismo, alimentadas pelos números que confirmam este como um setor essencial para a economia nacional.

É também por isso que o Governo quer que sejam ainda mais. Para isso, propõe reforçar a verba disponibilizada para o efeito, passando de um milhão de euros para 1,5 milhões atuais. O objetivo é simples: incentivar a criação de mais startups na área do turismo.

Na prática, a ideia é passar das 350 startups apoiadas por 15 programas específicos, o que aconteceu durante este ano, para a aceleração de 450 empresas, uma informação que foi dada à revista EXAME pela secretária de Estado do Turismo.

A mesma fonte revelou ainda que Portugal foi escolhido pela Organização Mundial do Turismo como parceiro institucional para um concurso de aceleração de startups a nível global, tendo o mesmo objetivo: fazer crescer o turismo. O que significa que o nosso país será o anfitrião das três startups vencedoras do concurso, para que possam desenvolver o seu negócio em Portugal.