fbpx

Empreendedorismo: Como recuperar a energia inovadora?

Se já tem o seu próprio negócio há algum tempo é muito fácil que perca a faísca da inovação que, outrora, fazia parte do seu dia a dia. Mas a boa notícia é que, como qualquer outra habilidade, também o espírito inovador pode ser trabalhado. 

Mas como é que pode recuperar a sua energia criativa e inovadora?

  • Arrisque e desafie os padrões estabelecidos

De certeza que conhece grandes ideias que, inicialmente, eram vistas como revolucionárias e bastante diferentes do considerado “normal”, certo? Os tempos mudam e com o avanço da tecnologia e o aumento das expectativas dos clientes, os padrões estabelecidos podem já não fornecer o tipo de resultados esperados.

Por isso, tendo em conta o seu setor de atividade, analise todas as práticas padrão e arrisque. Como? Procurando “deficiências” que estejam a ser cometidas e criando novos mecanismos que as resolvam. 

  • Abrace o desconforto

Regra geral, o ser humano procura evitar situações desconfortáveis, conformando-se com aquilo que faz parte da sua normalidade. Porém, qualquer empreendedor sabe que esta é uma das maiores barreiras à inovação!

Para ser bem-sucedido é necessário que aceite o desconforto e, acima de tudo, que abrace esta sensação. Por isso, desafie-se constantemente para tornar a sua ideia ou produto mais inovador e exclusivo. Como? Questione tudo, incluindo o seu próprio negócio, adquira novos conhecimentos e, mais importante, mude a sua mentalidade. 

Desta forma, apesar do desconforto inicial, vai conseguir evoluir enquanto pessoa e ver a sua criatividade estimulada. 

  • Leve a sério a opinião dos “novatos”

Ter uma longa carreira enquanto empreendedor é uma vantagem extremamente positiva, mas, por outro lado, pode também fazer com que se feche para novas ideias. Mas sabe quem é que não se deixa impor pelos limites da criatividade? Os “novatos”, ou seja, os jovens licenciados que procuram uma oportunidade onde possam ter um grande impacto.

São os “novatos” que trazem novas formas de resolução de problemas, não deixando que o seu pensamento seja restringido por limites que as pessoas mais experientes impõem, inconscientemente, a si mesmas. E sim, é certo que nem todas as ideias serão vencedoras, mas leve as suas sugestões a sério e promova o brainstorming. Quem sabe se tal não dará origem a um novo produto ou serviço para a sua startup?

Nenhum empreendedor começou a sua carreira a jogar pelo seguro, certo? Por isso, abrace a inovação e faça escolhas ousadas para renovar a sua mentalidade e, consequentemente, o seu negócio.