fbpx

Economia Azul: Blue Bio Value abre candidaturas

Os oceanos, em conjunto com a Ciência e a Inovação, podem ajudar a enfrentar os atuais desafios da sociedade. Por exemplo, a Biotecnologia Marinha, apesar do impacto ambiental muito reduzido, permite desenvolver diversos produtos de elevado valor económico. Assim, é com base nesta premissa que funciona o Blue Bio Value, um programa de inovação desenvolvido pela Fundação Calouste Gulbenkian e pela Fundação Oceano Azul

Com o objetivo de apoiar soluções sustentáveis para problemas globais e desenvolver um modelo económico com impacto positivo nos recursos biológicos marinhos, o Blue Bio Value está a aceitar candidaturas até ao próximo dia 26 de julho. Estas podem ser submetidas aqui.

Importa referir que, na edição de 2021, o Blue Bio Value vai disponibilizar dois tipos de concurso:

  • Blue Bio Value Aceleração: Destinado a startups e Pequenas e Médias Empresas já existentes ou em vias de criação que pretendam desenvolver competências, melhorar o seu modelo de negócio e estratégia de crescimento ou escalar o seu negócio;
  • Blue Bio Value Ideação: Destinado a estudantes, alumni, investigadores e empreendedores com potencial para criar novas ideias de negócio.

Contudo, independentemente do concurso a que se candidatem, os participantes têm de contribuir para a diminuição da elevada pegada ambiental da alimentação, promoção da saúde e do bem-estar humano, recorrendo a produtos sustentáveis, ou para a redução dos impactos negativos da crise climática. Além disso, podem ainda apoiar a proteção dos ecossistemas naturais e da biodiversidade, bem como a redução da poluição marinha.

Lançado em 2018, o Blue Bio Value Aceleração já acelerou mais de 40 empresas, de 15 nacionalidades diferentes, que adquiriram competências de gestão de negócios. Além disso, os participantes das edições anteriores angariaram mais de 7 milhões de euros em investimento.