fbpx

Code of Hope: o algoritmo que quer acabar com o suicídio

Improve Startups 2019-06-14

Anualmente, cerca de 3.700 pessoas suicidam-se em Espanha, sendo esta a primeira causa de morte não natural no país vizinho.

Para tentar diminuir estes números, a organização não-governamental Teléfono de la Esperanza, em conjunto com a AP Exata, Publicis Madrid e Twitter Espanha criaram um algoritmo para combater este problema.

Como o nome de Code of Hope, este algoritmo consegue reconhecer, na rede social Twitter, publicações cujo conteúdo possa ter sido divulgado por uma pessoa que possa estar em alto risco de depressão.

Baseado na roda das emoções do psicólogo Robert Plutchik, este algoritmo deteta não só palavras-chave mas também mais de 32 sentimentos que estão associados à tristeza.

A ser desenvolvido pela AP Exata (que tem a equipa repartida pelo Brasil e por Braga) desde novembro 2018, este algoritmo funciona através de um padrão de aprendizagem que tem por base as últimas publicações de perfis identificados como suicidas.

A partir daqui, o algoritmo vai analisando as últimas publicações de diferentes utilizadores e vai assinalando as que registam padrões similares..

Uma vez identificados os perfis que possam estar em risco, um bot – instalado no perfil da ONG Teléfono de la Esperanza -, passa a seguir este perfil e tem disponível um DMCard, um novo chat que permite a estes utilizadores pedirem ajuda e entrarem em contacto com os voluntários da ONG.

Após esta interação, o perfil identificado como estando em risco é monitorizado pelo algoritmo.

Se forem registadas melhoras no estado emocional do utilizador, este perfil fica em “stand by”. Caso não contrário, é enviado um aviso à ONG para que possam intervir a tempo e evitar o suicídio.

Desde a implementação deste algoritmo foram já identificados mais de 300 perfis potencialmente em risco, tendo sido já prestada a ajuda necessária para cada caso.