fbpx

AINanoTEC quer ajudar a criar, pelo menos, 15 startups tecnológicas

Atualmente, o mercado global da Inteligência Artificial é estimado em 7,6 mil milhões de dólares, sendo que o investimento de capital de risco em startups deste setor ronda os 9,3 mil milhões de dólares. Assim, ao ser um negócio altamente atrativo, o AINanoTEC lançou um programa de empreendedorismo para identificar ideias e projetos nas áreas da Inteligência Artificial, Nanotecnologia e Tecnologias da Informação e Comunicação. 

Promovido pela Fraunhofer Portugal, pelo International Iberian Nanotechnology Laboratory e pela INOVA-RIA, este concurso destina-se a todos os empreendedores e investigadores que pretendam explorar as suas ideias ou resultados de I&D nas áreas anteriormente mencionadas, promovendo a criação de empresas e empregos altamente qualificados. 

Ao contar com um vasto ecossistema de investidores, mentores, end-user companies e parceiros tecnológicos, o programa de empreendedorismo tem como objetivo apoiar a criação de mais de 15 novas startups disruptivas em Portugal, bem como a integração dos participantes numa rede internacional e multidisciplinar de mentoria e stakeholders. Além disso, o desenvolvimento de ferramentas para apoiar ideias e responder às necessidades das pré-startups e a criação de equipas multidisciplinares que contribuam para um ambiente de cocriação e para a partilha de experiências são também ambições do AINanoTEC.

Está interessado em participar neste desafio? Então saiba que as candidaturas podem ser submetidas aqui até ao próximo dia 03 de setembro.

Assim, após a avaliação das inscrições, os projetos selecionados terão acesso a bootcamps para o desenvolvimento e aceleração de ideias, através de atividades temáticas de coworking, matching, pitching e mentoring. Por fim, até abril de 2022, terá início a etapa de aceleração das startups, seguindo-se, até março de 2023, a fase de Scale-Up com pilotos e demonstrações.